Implementando OEE

Não se recomenda implantar o OEE em toda a empresa de uma só vez, o correto é iniciar por um projeto piloto, com poucas máquinas, com o objetivo de ganhar experiência, identificar as dificuldades que serão encontradas pelo caminho, realizar ajustes na rota visando preparar-se para uma implantação maior, com várias máquinas, operadores e setores.

Primeiro passo: Definir o projeto piloto
Recomenda-se iniciar pelos gargalos, visto que o OEE identifica as perdas e qualquer ganho obtido no gargalo será um ganho para toda a empresa.
Sendo assim, defina um setor importante, identifique os equipamentos gargalos dentro deste setor e escolha 1 ou mais  - porém não muitos – por onde começar a implantação do OEE.

Segundo passo: Definir o processo de captura dos dados: Manual ou Automático?
Definido o equipamento por onde começar, o próximo passo é definir como obter os dados necessários para cálculo do OEE, ou seja, os dados serão coletados manualmente ou serão automáticos.

Na captura manual, os operadores anotam em fichas de apontamento durante o turno e após a conclusão do turno, os dados são planilhados e o OEE é calculado.

Na captura automática, os dados são capturados através de sensores eletrônicos e leitores de códigos de barras, em tempo real, proporcionando o cálculo do OEE em tempo real e eliminando a planilha de apontamentos.

Precisa de ajuda?

Caso possua um projeto para implantação do OEE em sua fábrica, podemos lhe ajudar.    Estudamos seu processo e identificamos a melhor maneira para se calcular o OEE e como implantá-lo.

Caso necessite de informações adicionais a respeito deste assunto, entre em contato conosco pelo fone 019.3601.1777 ou pelo e-mail oee@oee.com.br